Cornetada Vitoriana nº 61: Estou muito feliz!

Fla X Cru jogo returnoEra assim que eu imaginava o título deste post. A frase é do Emerson, batendo no peito e beijando o escudo do Mengão, na saída do intervalo do jogo contra o Cruzeiro, o primeiro do returno do Brasileirão 2009, um campeonato pra ser esquecido. Por vários motivos. Estou me sentindo simetricamente o contrário. É muito complicado torcer para um time com 7 desfalques. Sete. Isso demonstra falta de preparo físico, já que muitos destes estão machucados? Nosso goleiro de Seleção parece ter falhado novamente. Não sei, mas nem toda bola que vem na mão do goleiro é defensável. Só as que vão contra o nosso gol. Falta de treinamento? Futebol é ocupar espaço. O time do Flamengo desse jogo não ocupou espaço. Lateral não está na lateral, zagueiro não fica na zaga, meia perde o meio, atacante só vai na raça. Falta de inteligência? Por isso, as bolas batem e voltam e não caem no pé de nossos mulambos. Falta de posicionamento? Nossa escalação não foi das melhores e as alterações não surtiram efeito? Falta de técnico? Vontade de fazer o resultado é necessária desde o início até o fim do jogo. Só temos isso depois dos 30 do segundo tempo, e mesmo assim se estivermos perdendo. Falta de raça? Os juízes são péssimos e erram o tempo todo. Só que os erros redundam em gol somente contra o Flamengo, como no primeiro gol da Raposa, que só saiu pela falta clara-mas-muito-clara, no beque do Mengão. Falta de… Ah, sei lá de quê… O time não ajuda e, por isso, a Magnética não incentiva. Falta de torcida?

Bastou o Adriano ser convocado pra Selecinha pra fazer o seu pior jogo pelo Flamengo. Nem cascudo teve contra o Cruzeiro. E a culpa não é dele. Basta ver as atuações de Léo Moura, Kleberson e Juan depois de passarem pelo time do Dunga.

Falando em Selecinha, como é que pode um time com dois jogadores convocados pra melhor seleção do mundo não estar disputando o título de campeão brasileiro?

O jovem Jorbison saiu com cãibras. O Emerson, com um possível estiramento. E o Fabrício deixou o time com 10 depois de uma pancada violenta. Quantos times com 7 desfalques perdem mais 3 por contusão no mesmo jogo?

Falando nisso, digo sempre, mas estou “me contrariando a mim mesmo”, que não gosto de comentar arbitragem. Mas o Emerson foi caçado, expressão perfeita para descrever o que se passou no Maraca ontem, e o juizinho não fez absolutamente nada para punir o time mais punido com cartões vermelhos do Campeonato. O Kleber Gladiador, sensacional jogador, diga-se de passagem, deu uma entrada criminosa, criminosa no nosso zagueiro, e nem falta o senhor juiz marcou. Xingou sua mãe ao menos duas vezes (isso pelo que apareceu na TV), e nem advertência levou. O primeiro gol do Cruzeiro só aconteceu porque o lateral esquerdo fez falta no zagueiro do Flamengo. E então?

O Bruno, há 1 mês atrás, era cantado pela torcida como o melhor goleiro do Brasil. Ontem, foi vaiado até a morte.

Olha, mais do que um sentimento de torcedor, tinha certeza da vitória ontem. Mas não consegui nem sequer torcer para um empate depois do segundo gol do Cruzeiro. Estão (diretoria, jogadores, situação, arbitragem) mexendo até com a minha fé no Flamengo.

Se ganhássemos ontem, ficaríamos a 7 pontos do líder. Continuamos a 10. Não é muito? É sim.

Vamos jogar fora de casa, contra um time que não perde há 9 jogos. E aí, hein!?

Faltam 17 vit… Ah, não falta mais nada, cansei de contar…

Flamengo até morrer!

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: