Cornetada Vitoriana nº 124: O dia em que o vazião ficou cheião

Quem diria que um simples jogo contra a infelicidade do Guaraná de Campinas poderia tomar ares de decisão para o Flamengo? Essa era pra ser a partida que nos daria o heptacampeonato antecipado, convenientemente colocado pelos gênios da CBF na antepenúltima rodada do campeonato. No entanto, nem mesmo a permanência na Primeirona, coisa da qual nunca duvidei, está garantida. Vai acontecer, porque trata-se de Flamengo, e queda de divisão é coisa de time pequeno. Isso tudo porque o Hawaii, que nunca ganhou dois jogos seguidos na vida, vem de duas vitórias, uma delas sobre os infelizes colorados do Uruguai do Norte, que não servem nem pra fazer a função social deles na existência: não atrapalhar. Bom, sobrou pro Cruzeiro, animado com a remota possibilidade de ainda ser campeão brasileiro neste século. Não vai, porque o Mengão não vai deixar.

Nosso melhor jogador entrou (ou melhor, não entrou) em campo no sábado. Basta convocar que ela está lá. A Maior do Mundo conseguiu um feito notável, poucas vezes observado na história recente do futebol carioca: lotar o vazião. Só a torcida do Flamengo pra conseguir isso!

Renato Canelada jogou muito!

A barca deve zarpar e tem uns caras que deveriam liderar a náu. Paciência mode off pro Lomba e pro Juan. Tristes. Mas são o goleiro e o lateral que temos…

Flamengo até morrer!

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: