Cornetada Vitoriana nº 155: Ói o trem querendo…

Ainda que tardiamente, não podia deixar de mandar uma letra esperta sobre a semana Rubro-Negra, que se iniciou de forma magnífica sobre o pobre coitado Cruzeiro. É bem verdade que seria muito mais regozijante se a mesma fosse sobre o adversário menos glamoroso, mas mais divertido, das Minas Gerais, mas tunda revitalizante e regenerativa é bom em qualquer um e a qualquer momento. Tudo bem, os smurfs mineiros não oferecem nenhuma resistência e estão a ponto de deixar somente Flamengo e Inter com a honra de terem disputado todos os Brasileirões na divisão de gala do ludopécio pindoramense. Mas goleada é goleada e vice-versa.

O jogo, em si, teve algumas nuances de tragédia que se avizinhava, não fosse a incompetência e os ataques de pelanca dos quase rebaixados. Os caras acharam (ou melhor, nossa defesa achou, de novo) um gol, perderam um pênalti, e meteram bola na trave em lance de quase gol. Ou seja, poderiam ter feito 3 a 0 e acabado com a nossa raça. Mas a bica impiedosa do Deivid, de quem não falo mais mal e a quem rendo minha simpatia em público, destruiu qualquer má intenção cruzeirística. Melhor para os fatos: o Flamengo do final do primeiro tempo e do resto do jogo é verdadeiramente o que poderia encher mais ainda de orgulho a massa milionária de torcedores mundo afora, se fosse possível termos ainda mais orgulho das nossas hostes. A tríade vibração/raça/impetuosidade caracteriza todos os Flamengos campeões desde 1895, desde quando só surrávamos a rafameia na água. Acho que a efetivação do Tomás e as entradas eventuais dos moleques do banco, como Negueba e Muralha, estão dando ao Mais Querido a vontade de ganhar, a cara de campeão que até então não tínhamos. A depender do desempenho contra o Coritiba no domingo, poderemos discorrer com mais dados acerca desse assunto. Eu aposto no Fla.

Willians Ninja foi treinar a parte como punição e reintegrado ao grupo em 5 dias. Particularmente, gosto do cara, mas não acho que seja bom pra ninguém abusos como atrasos e faltas. Pior ainda foi o tratamento dado à parada. Afastar jogador valorizado é dilapidar o patrimônio do próprio clube. Mas a ida do Luxa na Gávea só pra falar com o cara restabelece a ordem das coisas.

Bom, Flamengo é Flamengo, os outros não podem deixar chegar. Mas estão deixando. Incríveis as semelhanças com 2009!

Flamengo até morrer!

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Sellene  On 12 novembro, 2011 at 10:16 pm

    “Smurfs mineiros”! Adorei!

    Curto o seu estilo! Quer um emprego?

    Beijo, Sel

  • vitoraflael  On 13 novembro, 2011 at 12:42 am

    Eh, eh. Obrigado, querida! Quanto ao emprego, é tentador, podemos pensar no assunto…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: