Cornetada Vitoriana nº 179: Cantando e chegando

Love carrega Mengão na veia e marca dois de novo.

Letra curta, que hoje eu estou sem paciência pra escrever, e sem saco pra ser simpático. Portanto, tremei arcoirizada deselegante. Ganhamos mais uma, duas na sequência, fato meio anormal em tempos de Patrícia Amorim e crise eterna. O que em tempos normais pode ser atribuído ao acerto do time por parte da nova comissão técnica, pra mim ainda necessita confirmação. Fato é que ainda não fomos testados, muito embora tenho visto muitos cavalos paraguaios ocupadores momentâneos das posições de destaque do campeonato penarem pra ganhar de times contra os quais a gente passeou, caso de Figueira e Náutico. O próximo jogo, contra o Parmera do Felipão e do Obina, também não vai dizer muito, já que o atual Verdão é uma carne seca danada. É bem verdade que eles gostam muito de endurecer contra o Mengão, mas vamos na fé, que a fase é boa. Nosso treinador conseguiu, pela segunda partida seguida, dar um padrão de jogo e aplicação tática que o Papai nunca na vida conseguiu dar esse ano. E era disso que a gente precisava.

Palmas para o Love, que ele merece!

Flamengo até morrer!

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: