Tag Archives: Internacional

Brasileirão 2014: Internacional X Flamengo – 20/7/14

Fla X InterComeço da saída da zona do inferno, mesmo com uma esperada derrota, o que ocorrerá na primeira rodada de agosto. Vamos amargar mais 2 no lodo inglório. Vamos, Flamengo!

Flamengo até morrer!

Anúncios

Scout 2013: jogo 52

Flamengo 2X1 Internacional
10/10/13
Brasileirão 2013 – 27ª rodada
Gols: Léo Moura, 28′, 1T; Hernane, 26′, 2T.
No ano: 26V, 14E, 12D; 92 pontos; 58,9%; 76 gols pró, 54 gols contra
Hernane – 26
Elias – 8
Renato Abreu – 7
Marcelo Moreno – 4
Nixon – 4
André Santos – 3
Cleber Santana – 3
Gabriel – 3
Rafinha – 3
João Paulo – 2
Léo Moura – 2
Paulinho – 2
Wallace – 2
Cáceres – 1
Carlos Eduardo – 1
Chicão – 1
Ibson – 1
Luiz Antônio – 1
Roberto Dias (Campinense) – 1
Rodolfo – 1

Brasileirão 2013: Flamengo X Internacional – 10/10/13

Fla X InterInternacional é sempre um saco. Mas acho que o sacode proveniente da chegada de um novo técnico, certamente menos chato que o Dunga, já passou. Assim espero. Além disso, os caras perderam pro Vice. Vão se criar em cima da gente? De quebra, ganhando, chegamos na cola do G4. Incrível, não? Flamengo 2 a 1!

Flamengo até morrer!

Scout 2013: jogo 30

Internacional 1X0 Flamengo
21/7/13
Brasileirão 2013 – 8ª rodada
Gol:
No ano: 18V, 6E, 6D; 60 pontos; 66,6%; 48 gols pró, 27 gols contra
Hernane – 16
Renato Abreu – 7
Marcelo Moreno – 4
Cleber Santana – 3
Elias – 3
Gabriel – 3
Nixon – 3
Rafinha – 3
Cáceres – 1
Ibson – 1
João Paulo – 1
Paulinho – 1
Roberto Dias (Campinense) – 1
Rodolfo – 1

Brasileirão 2013: Internacional X Flamengo – 21/7/13

Fla X InterJogo duro hoje lá no Uruguai do Norte, contra a primeira força daquele povo. Aliás, não tem jogo fácil. Ao menos vai servir pra testar o time do Brother, já que é o primeiro time de verdade que pegamos nesse certame. Mas é Mengão, 1 a 0.

Flamengo até morrer!

Cornetada Vitoriana nº 193: Programa de milhagem Rubro-Negro!

Mulambada garantindo passagens de grátis

Mulambada garantindo passagens de grátis

Após a tunda consertativa em mais um representante dos rincões futebolísticos desse país flamengo, nossa caravana nacionalista segue em busca de mais 3 pontos e de dias melhores, para deleite da Magnética ao sul da belíssima Santa Catarina. Antes do Inter, porém, uma breve letra sobre nossa modesta participação na C do B 2013. São seis jogos e seis vitórias. Estamos entre os 16 melhores times do país (?). Pronto!

Domingo é dia de Brasileirão, no interior do Uruguai do Norte, contra o melhor time de lá, o embalado Internacional de Porto Alegre, do mal-humorado técnico Dunga. Falando nisso, o Dunga nunca foi o mais esperto dos 7 anões, né não? Isso deve ser bom pra gente. Bem, continuando, a mística que envolve esse duelo é rica em dualismos. O Flamengo, time mais nacional do Brasil e mais brasileiro do mundo, joga contra um time cheio de estrangeiros, quase de outro país (como boa parte da gente de lá pensa) e remete ao além-mar até no nome. Digno de nota, o confronto também faz lembrar a final do Brasileiro que nos deu o tetracampeonato de futebol masculino, no longíncuo e já clássico 1987, torneio que ganhamos no campo, na raça e na técnica de Zico, Renato Maluco e Bebeto. As cores dos dois clubes guardam, também, uma semelhança, em que pese o nosso negro ser bem mais charmoso e fashion que o branco deles, o que lhes confere uma cara inegável de Bangu ou América. Por fim, há muita gente que tem o Inter como time simpático, ao contrário de seu grande rival local, o funesto e espontaneamente repugnante Grêmio. De minha parte, se não é vermelho e preto, com sede na Gávea sinistra e dono da maior torcida do mundo, quero mais é que queime no mármore do inferno.

Nos últimos jogos, ao que parece, o Flamengo adquiriu uma certa cara. O time continua uma porcaria, sério candidato a figurar no campeonato, nem tanto à terra, já que chegar na Liberta parece tarefa das mais infecundas, nem tanto ao mar, já que há ao menos uns 12 times piores que o nosso, grupo esse contando inclusive com alguns dos paraguaios líderes temporários atuais, e rebaixamento está fora de cogitação. Mas o fato é que o Mano tem conseguido, ao menos, passar uma certa tranquilidade à mulambada, fortalecido pelas promessas cumpridas de salários em dia da nossa galáctica diretoria. É bem verdade que passar fácil por times menores como ASA de Arapiroca e Vasdama não pode animar ninguém… Mas, como se diz na França, é muito melhor ganhar que perder.

É isso! Inter no domingo, no interior norte-uruguaio. 1 pontinho é muito bem-vindo. Mas uma vitória, se bem administrada, sem fazer com que egos se inflem, é ainda melhor, pra preparar o time pro confronto com o Chororô, na rodada seguinte, na reinauguração real do Maracanã, nossa casa.

Flamengo até morrer!

Scout 2012: jogo 45

Internacional 4X1 Flamengo
2/9/12
Brasileirão 2012
Gol: Vagner Love, 14′, 1T.
No ano: 21V, 11E, 13D; 54,8%; 66 gols pró, 50 gols contra
Vagner Love – 21
Ronaldinho Gaúcho – 7
Deivid – 6
Renato Abreu – 5
Kleberson – 4
Léo Moura – 4
Luiz Antônio – 4
Bottinelli – 3
Adryan – 2
Hernane – 2
Jael – 2
Airton – 1
David Braz – 1
Camacho – 1
Ibson – 1
Negueba – 1
Ramon – 1
Thiago Medeiros (Madureira) – 1
Whelinton – 1

Brasileirão 2012: Internacional X Flamengo – 2/9/12

Vai ser dureza, mas vamos pra cima do fraco Inter, lá no canteiro de obras deles. 1 a 0.

Flamengo até morrer!

Cornetada Vitoriana nº 172: Papai Joel e a revolta das renas

É bem assim mesmo

Quando você é interpelado por um primo adolescente sofredor do Chorafogo, dizendo que seu (meu) time é vergonhoso, pode ter certeza de que não só algo, mas tudo está errado. Claro, bastou lembrar que vergonha é jogar a segunda divisão e que isso é coisa de time pequeno para o assunto se encerrar, mas que esse é um dos sinais do fim do mundo, pode ter certeza que sim.

Outro sinal do fim dos tempos: Papai Joel e a crise de relacionamento com a mulambada. Longe de ser unanimidade entre dirigentes e torcedores, o cara sempre foi querido e respeitado pelos jogadores. No entanto, em pouco mais de 4 meses de trabalho (?), sendo um de férias, o grupo não está fechado com o treinador. Ao contrário, bocas de matildes dão conta de que o clima não poderia ser pior. Joel invariavelmente tem prazo definido, mas acho que ele não dura até a última chuva de Brasília. Pior que esse cenário é imaginar quem vem pro seu lugar.

Bom, quanto ao jogo, nada muito diferente das demais contendas desse vexatório Flamengo v. 2012. Fizemos o que sabemos fazer de melhor, de novo: engolir o adversário nos primeiros 20 minutos e ser engolido no resto. Lamentável. Nem a substituição do Pilequinho Gaúcho foi capaz de acender uma centelha de esperança. Pior, deve ser responsável por aumentar o babado entre jogadores e comissão técnica.

Desnecessário lembrar que a culpa desse estado insustentável de coisas é da diretoria amadora e incompetente.

Flamengo até morrer!

Scout 2012: jogo 27

Flamengo 3X3 Internacional
26/5/12
Brasileirão 2012
Gols: Airton, 8′, Ronaldinho Gaúcho, 16′, 1T; Vagner Love, 3′, 2T
No ano: 14V, 7E, 6D; 60,4%; 47 gols pró, 27 gols contra
Vagner Love – 13
Ronaldinho Gaúcho – 7
Deivid – 6
Kleberson – 4
Léo Moura – 4
Luiz Antônio – 3
Bottinelli – 2
Jael – 2
Adryan – 1
Airton – 1
David Braz – 1
Camacho – 1
Negueba – 1
Renato Abreu – 1
Thiago Medeiros (Madureira) – 1
Whelinton – 1