Tag Archives: Vitoria

cornetada vitoriana 219: Valeu, professor!

xINFOCHPDPICT000068700757.jpg.pagespeed.ic.Gx8rYP6ELF

Valeu, grande Rubro-Negro!

A letra de hoje certamente iria sugerir que, após o resultado patético para o notório freguezaço Vitória, a situação ficaria insustentável para o professor Zé Ricardo. Escrevo minutos após sua queda. Curioso é o cara perder sua posição exatamente no jogo em que deixou de lado uma de suas características mais marcantes, senão a mais delas: a fidelidade a seus princípios, ao barrar o Massaraújo e deixá-lo no banco, como solicitava os pitaqueiros de plantão, parte da torcida e a mídia resenheira e desorientada. Fato é que o bicho foi responsável direto pela derrocada de seu treinador, é mole? Ahah. Brincadeirinha…

Uma coisa é clara nisso tudo: o time não evoluia, faltava sempre alguma coisa. Não gostei da demissão do cara, mas não sei se lamento também. No entanto, pros padrões do ludopécio nacional, o homem foi guerreiro e a diretoria o segurou no cargo o quanto pode.

Lembrando a CV anterior, continuo achando que o treinador não cortou bola no pé do adversário como no primeiro gol do Vitória, nem fez pênalti cretino, como o capita fez no segundo. Mas entendo.

O bicho deixo o Flamengo com 89 jogos, sendo, 47 vitórias, 17 derrotas e 25 empates, 62,17%. Bom, vida que segue!

Desde já, fora Jorginho, Roger Machado, Eduardo Baptista!

Flamengo (5º) 0X2 Vitória (19º), Brasileirão 2017, Rodada 19. 5ª colocação.

Flamengo até morrer!

Anúncios

Scout 2013: jogo 67

Vitória 4X2 Flamengo
Salvador, 1/12/13
Brasileirão 2013 – 37ª rodada
Gol: Wallace, 45′, 1T e Hernane, 14′, 2T.
No ano: 33V, 17E, 17D; 116 pontos; 57,7%; 96 gols pró, 70 gols contra
Hernane – 35
Elias – 10
Renato Abreu – 7
Paulinho – 5
Marcelo Moreno – 4
Nixon – 4
André Santos – 3
Cleber Santana – 3
Gabriel – 3
João Paulo – 3
Léo Moura – 3
Rafinha – 3
Wallace – 3
Chicão – 2
Amaral – 1
Cáceres – 1
Carlos Eduardo – 1
Gum (Fluminense) – 1
Ibson – 1
Luiz Antônio – 1
Roberto Dias (Campinense) – 1
Rodolfo – 1

Brasileirão 2013: Vitória X Flamengo – 1/12/13

Fla X VitóriaHoje tem tricampeão em campo. Tem molambada. Tem urubu. Tem o último campeão do velho e o primeiro do novo Maraca. Vamos, Flamengo! 2 a 1.

Flamengo até morrer!

Scout 2013: jogo 42

Flamengo 2X1 Vitória
5/9/13
Brasileirão 2013 – 18ª rodada
Gols: Hernane, 22′ e 43′, 1T.
No ano: 22V, 10E, 10D; 76 pontos; 60,3%; 61 gols pró, 43 gols contra
Hernane – 20
Elias – 7
Renato Abreu – 7
Marcelo Moreno – 4
Nixon – 4
Cleber Santana – 3
Gabriel – 3
Rafinha – 3
João Paulo – 2
Paulinho – 2
Cáceres – 1
Carlos Eduardo – 1
Chicão – 1
Ibson – 1
Roberto Dias (Campinense) – 1
Rodolfo – 1

Brasileirão 2013: Flamengo X Vitória – 4/9/13

Fla X VitoriaContra o genérico baiano, vamo que vamo. Flamengo 2 a 1, que é pra somar pontos.

Flamengo até morrer!

Cornetada Vitoriana nº 115: Um pouco de tudo

Rapaz, comeco pedindo desculpas pelos acentos e cedilhas que nao estao sendo utilizados. Nao por rebeldia, ja que os detesto e, depois da queda do tal acento diferencial, eles nao tem muita utilidade mesmo. Quero dizer, nao tem som de nao, com til (o que e um nome ridiculo!) ou nao. O fato e que estou nos States, digitando em um teclado dos States, o que explica minha pouco frequencia nessas plagas.

Bom, apos essa necessaria explicacao desnecessaria, mas que veio a calhar pra dar a explicacao do porque da ausencia de posts e das esperadas (?) Cornetadas Vitorianas, so tenho duas coisas a dizer: uma eu esqueci. A outra: Flamengo e Flamengo em qualquer hemisferio. E Rubro-Negro e Rubro-Negro no mundo todo. Poderia tirar onda e dizer que, no embarque de volta do Canada – pois e, fui a Toronto, cidadezinha maneirissima, com futebol e tudo – bati o maior papo sobre Flamengo, Toronto FC, o time de la, Zico, epoca aurea do nosso Fuderosao e tudo o mais com o oficial da Infraero canadense, que reconheceu as vestes Vermelhas e Pretas que ostentava na figura de um reluzente casaco que remete a nossa maior conquista, o Mundial de 81. O cara sabia tudo! Ate deixou passar os irregulares 400 ml de vinho do gelo que carregava, quando podia embarcar somente com 100. Mengao vai acima das leis internacionais de aviacao! E nois!

Perdi o que poderia ter sido nossa primeira vitoria depois da draga, contra o generico baianes, o Derrota. Ficamos no empate mas, acredito, se nao tivesse confundido o dia do jogo, tenho certeza de que ganhariamos so por causa da minha torcida ferrenha. Lamentavel, ja que empatar com o Vitoria, em qualquer campos, e mormente no Maraca, vai conseguir vitoria contra quem? Terrivel!

Nao vou consultar oraculos, mas o proximo jogo foi contra o Gremio nao-sei-que-la, no interiorpaulistalandia. E verdade que tomamos uma tunda dos Bambi na Bambilandia. Mas o importante e que voltamos a marcar, nos 2 a 2 ja comentados. Ou seja, vitoria certa contra o rebaixado virtual paulista. Mas tinha que ser com doses sangrentas de crueldade? Bom, mais flamenga que a vitoria sobre o Prudente e dificil, mas precisa ser assim? Ainda bem que foi…

O proximo capitulo e epico: tricoletas e sua lideranca impossivel, improvavel e mais que provisoria. Nao tinha a menor duvida de que dariamos um sacode no Flor. Fique, mesmo, surpreso com o empate e a reacao dos bambi carioca. Mas futebol e legal por isso. A desgracenca pode vencer – ou empatar – com um time melhor, e isso e bom. De toda sorte, mais uma mudanca no estado das coisas: nosso ataque voltou a marcar gols. Bom!

Por fim, veio o embate contra a terceira torcida ao sul da bela Santa Catarina, o pequeno e fregues Gremio. Essa nao deu pra conter os milhoes de palavroes que o nosso glorioso treinador mereceu. O cara mexeu mal, ate reconheceu isso, e entregou um jogo ganho pros flores gauchos. Mais lamentavel que perder ponto pra time pequeno foi perder ponto pra time pequeno treinado pelo Renato Maluco! Ridiculo! Ele, e perder ponto pra time dele. E o Gremio que se cuide, ja que seu tecnicuzinho e dado a liderar rebaixamentos.

Falando so de Flamengo agora, o time tem outra pegada. Quem sabe, sabe, quem nao sabe e reserva do Juan, que ja nao sabe tanto. Os demais dao pro gasto: Klebs tem se mostrado empenhado, Torozinho corre o jogo todo, Correia e muito ruim e o Willians e selecao. Leo Moura manda bem, assite ao jogo e da assistencia como ninguem, Renato Abreu merece credito mas tem que perder um purrilhao de quilos, Deivid nao disse ao que veio, Diogo ta vacilando, e a zaga idem, mas o Silas tem que abrir o olho: e dificil jogar simples, se complicar, lasca tudo. Fica quieto, mano, aprende a nao tomar gol de cara, e mantem o que e bom. O resto e com o Manto!

Sabado tem Verdinho no Maraca. Eu sei, e no Engenhinho, mas o Vaziao e Maraca pra gente agora. E precisamos muito da mistica do mando de campo e da maior torcida do mundo. O apelo das bonitinhas desse pais aqui e grande, mas tenho que separar duas horas do fim de semana pra acompanhar o Mengao aqui. Vou fazer-lo. Depois, volto pra contar.

Flamengo ate morrer!

Scout: ano 2010 – jogo 49

Flamengo 2X2 Vitoria
11/9/10
Campeonato Brasileiro – 21ª rodada
Gols: Kleberson, 33` e 39`, 2T.
No ano: 24V, 11E, 14D; 56,4%; 79 gols pró, 57 gols contra
Vagner Love – 23
Adriano – 14
Kleberson – 5
Bruno Mezenga – 4
Petkovic – 4
Vinícius Pacheco – 4
Fernando – 3
Léo Moura – 3
Dênis Marques – 2
Juan – 2
Michael – 2
Rodrigo Alvin – 2
Ronaldo Angelim – 2
Bruno – 1
David – 1
Diego Maurício – 1
Fierro – 1
Jean – 1
Paulo Sérgio – 1
Toró – 1
Wallace (Friburguense) – 1

Cornetada Vitoriana nº 100: Hidrobol na terra de Caimi

Acho muito bacana essa jogada dos departamentos de marketing dos clubes lançarem terceiros uniformes com cores ou desenhos distantes dos originais. Lançamos moda em 1995 com o papagaio de vintém, primeiro uniforme Rubro-Negro do futebol flamengo. A Umbro, fornecedora esportiva da época, vendeu a rodo o Manto esquisitão. A marca-texto do Palmeiras, a alaranjada do Flor, a roxa do Chorinthians, a Cruz Templária do Vasdagama, todas estão aí pra provar o que estou dizendo. O mesmo vai acontecer com a camisa azul e amarela Rubro-Negra (?) estreada no sábado, contra o Vitória. Escrevam: vai ser a camisa de futebol mais vendida de todos os tempos no Brasil. A burrice fica por conta de lançá-la contra um time que joga com uma espécie de genérica da nossa tradicional vermelha e preta. Vendo pela TV, às vezes eu mesmo me confundia. E os jogadores, acostumados com o Manto nº 1, até passe para os adversários deram por confundir os uniformes. Ponto positivo para o depto. de marketing por lançar o uniforme, ponto negativo por lançarem contra um time que usa as mesmas cores.

Quanto ao jogo contra o Vitória, foi bom, principalmente pela postura no primeiro tempo. É jogando daquele jeito, envolvendo, indo pra cima, e não tomando conhecimento do adversário que o Flamengo deve entrar em campo contra os universitários do Chile, na quinta-feira. Desse jeito, temos plenas condições de sair dali com a classificação pras semi, depois de 20 e tantos anos. É mais um jogo da vida da mulambada.

Falando no jogo, parece que São Pedro também fechou com o pavilhão R-N. Em dia de jogo do Mengão, o santo, emocionado, chora tanto que alaga todo estádio em que jogamos. Mas tá atrapalhando muito. No sábado, no parque aquático do barradão, poderíamos ter ganho o jogo, mas a chuva não deixou. A chuva é ruim pros dois? Sem dúvida, mas o Flamengo é mais técnico e talentoso que o genérico baiano. E fomos mais prejudicados.

Chorinthians líder 100%? Não dura muito.

Flamengo até morrer!

Scout: ano 2010 – jogo 29

Flamengo 2X3 Universidad de Chile
12/5/10
Campeonato Brasileiro – 2ª rodada
Gol: Vagner Love, 2`, 1T.
No ano: 18V, 5E, 6D; 67,8%; 63 gols pró, 39 gols contra
Vagner Love – 19
Adriano – 13
Bruno Mezenga – 4
Vinícius Pacheco – 4
Fernando – 3
Kleberson – 3
Léo Moura – 3
Dênis Marques – 2
Michael – 2
Rodrigo Alvin – 2
Ronaldo Angelim – 2
David – 1
Fierro – 1
Juan – 1
Petkovic – 1
Wallace (Friburguense) – 1

Brasileirão 2010: Vitória X Flamengo – 15/5/10

O genérico baiano é sempre muito difícil de ser batido jogando em terras nordestinas. Se ganharmos, será bom pra manter a cabeça levantada para quinta que vem no Chile. 2 a 1 pro Mengão, na torcida.

Flamengo até morrer!