Arquivos da Categoria: Copa do Brasil 2018

cornetada vitoriana 276: Lincoln, herói de uma Nação

downloadO que foi isso que vimos hoje, amigos? O melhor jogo de futebol após a Copa? O melhor jogo de futebol do ano, incluíndo os da Copa? O melhor jogo do Flamengo contra o Grêmio de Futebol Portoalegrense em décadas? Aliás, com esse nome, se o Grêmio fosse uma loja, ele se chamaria Loja? Se fosse um carro, se chamaria Carro?

Bem, o Flamengão Doutrinador Catequético Evangelizador do balípodo nacional foi à bela capital do Uruguai do Norte e deu uma aula futebolística à segunda força daquelas belas terras gaudérias. É bem verdade que useira e vezeiramente não nos criamos pra cima dos caras, mas hoje, em que pese não termos feito mais gols que eles, o empate foi com sabor de goelada para a Magnética mais linda do mundo. Só pra geral ter ideia do massacre, no segundo tempo foram 17 chutes, sendo 4 ao gol e 9 bloqueados pela defesa, contra zero, Z-E-R-O, do adversário e 67% de posse de bola. Um açougue!

Bão, de resto, temos mais um importante jogo contra os caras, mudando, desta feita, a chave para o Brasileirão. Temos que, ao menos, empatar, para manter a dianteira na competição e podermos dizer, dependendo somente de nossos esforços, a máxima bravata mais que verdadeira e pertinente: segue o líder!

Não dá pra finalizar sem, antes, mandar uma letra sobre nosso herói, o aspira Lincoln: nunca critiquei. E parei, mesmo sem ter começado. Humilhou o Dourado, pior investimento do mundo, duplamente hoje: ao entrar e deixá-lo no banco e ao marcar o golaço do empate nos acréscimos. Já é mais famoso no mundo que o egresso de Tricolândia.

Grêmio 1X1 Flamengo, Copa do Brasil 2018, Quarta de Final – ida.

Flamengo até morrer!

 

Anúncios

cornetada vitoriana 264: Não é assim que se classifica!

Mas também vale. Digo que não é assim, mas faz parte se classificar sem gol. Ruim, ruim não foi. Mas com uns golzinhos teria sido mais legal. Fato é que a camisa v4squense horrorosa que a Ponte Preta ostenta não nos inspirou hoje como na semana passada. Mas passamos o rodo, mudamos de fase, estamos tranquilos em mais uma competição.

O jogo em si não foi tão fraco como pareceu. Foi só fraco. Mas deu pra ver que temos um sistema de jogo, variações (que podiam ser maiores), alternativas no banco e na tática. Furamos, sim, a retranca ou, modernamente, o catenaccio pontepretano. Furamos eles algumas vezes, mas gol ou quase gol, mesmo, foi pouco. Em compensação, soubemos nos defender como se não pudéssemos tomar gol. E não podíamos mesmo. Valeu, minha zaga! Léo Duarte aprendendo horrores. E Cuéllar, de novo, destaque mega, além do excelente Paquetá, melhor meia box-to-box do Brasil. Ah, já ia esquecendo: o Geovânio não tem mesmo jeito, mas o Éverton Ribeiro tem salvação.

É isso, vamos, Flamengo!

Flamengo 0X0 Ponte Preta, Copa do Brasil 2018, Oitava de Final – volta.

Flamengo até morrer!

cornetada vitoriana 262: Pensamos que fosse o…

Doc2Pela camisa horrorosa que tem a simpática Ponte Preta, pensei que o adversário fosse mais fácil. Ah, tudo bem que as semelhanças são grandes – camisa feiona, passeios pela Segunda Divisão, tamanho médio – mas, por isso mesmo, achei que pudesse ser mais fácil. Mas fácil mesmo foi pro Cruzeiro, ahahahahahah!

Bem, não jogamos tanto quanto domingo, mas fizemos o que tinha que fazer pra não perder. E ganhamos. Bom pra gente. Um jogo normal semana que vem e é classificação na Copa do Brasil. Coisa que tem muito time aí que nem conseguiu.

É classificação encaminhada na C do B e na Liberta, liderança no Brasileiro, invicto em TODOS os campeonatos que disputa. Deve ser ruim…

Ah, vá, vou dormir.

Ponte Preta 0X1 Flamengo, Copa do Brasil 2018, Oitava de Final – Ida.

Flamengo até morrer!