Category Archives: Cariocão 2013

Scout 2013: jogo 18

Macaé 1X3 Flamengo
20/4/13
Cariocão 2013 – Taça Rio – 7ª rodada
Gols: Hernane, 2′, e 16′ e Nixon, 14′, 2T.
No ano: 12V, 3E, 3D; 39 pontos; 72,2%; 32 gols pró, 14 gols contra
Hernane – 15
Renato Abreu – 4
Cleber Santana – 3
Rafinha – 3
Nixon – 2
Elias – 1
Ibson – 1
Gabriel – 1
João Paulo – 1
Rodolfo – 1

Cariocão 2013: Macaé X Flamengo – 20/4/13

Fla X MacaéÉ só pra cumprir tabela, mas vai dar uma tundinha boa: 2 a 0 pro Mengão!

Flamengo até morrer!

Scout 2013: jogo 16

Flamengo 3X1 Fluminense
14/4/13
Cariocão 2013 – Taça Rio – 6ª rodada
Gols: Hernane, 8′, 1T e Renato Abreu, 44′, 1T e 2′, 2T.
No ano: 10V, 3E, 3D; 33 pontos; 68,7%; 26 gols pró, 13 gols contra
Hernane – 10
Renato Abreu – 4
Cleber Santana – 3
Rafinha – 3
Elias – 1
Ibson – 1
Gabriel – 1
João Paulo – 1
Nixon – 1
Rodolfo – 1

Cariocão 2013: Flamengo X Fluminense – 14/4/13

Fla X FluminenseVamos pra cima do time da 3a divisão. Flamengo 3X2.

Flamengo até morrer!

Scout 2013: jogo 15

Flamengo 1X1 Duque de Caxias
6/4/13
Cariocão 2013 – Taça Rio – 5ª rodada
Gols: Cleber Santana, 46`, 2T.
No ano: 9V, 3E, 3D; 30 pontos; 66,6%; 23 gols pró, 12 gols contra
Hernane – 9
Cleber Santana – 3
Rafinha – 3
Renato Abreu – 2
Elias – 1
Ibson – 1
Gabriel – 1
João Paulo – 1
Nixon – 1
Rodolfo – 1

Cornetada Vitoriana nº 189: Salve Jorginho!

Nosso professor tá mostrando o tamanho do futebol do Flamengo ou da paciência da torcida?

Nosso professor tá mostrando o tamanho do futebol do Flamengo ou da paciência da torcida?

Olha, se tem uma coisa que não para de me impressionar nessa vida é o fascínio que o Clube de Regatas do Flamengo exerce sobre a rafameia, tanto a bem quanto a mal vestida. Não sei se é o caso de meter a minha corneta nessa história toda, o fato é que o Mais Querido tá mal das pernas mesmo, na minha forma de ver, por conta do que pode ser o primeiro revés da nossa diretoria bem-intencionada e aparentemente bem competente. É bem verdade que ninguém que tenha tido a maior honraria do esporte mundial, que é envergar o Manto Sagrado Rubro-Negro, a camisa que joga sozinha (às vezes!), pode se colocar acima das nossas tradições e do nosso comando, nas raras vezes que ele existe. Portanto, modestamente, promover a troca do técnico no meio de seu trabalho e no começo do ano não me pareceu ser muito inteligente. Dei um voto de confiança e o benefício da dúvida na ocasião, mas acho que essa pode ter sido a causa da desgracença que estamos vivenciando hoje.

O que nos leva a uma breve letra sobre o inferno em que o próprio Flamengo se colocou. Realmente, o resultado que combina com o Mengão Fuderosão no nosso torneio estadual é, no mínimo, chegar às finais. A coisa tá caminhando, e a passos largos, pra que isso não ocorra esse ano. Teremos que ganhar as 3 partidas faltantes e torcer para o Flor perder duas, sendo uma delas pra gente. Ou seja, vai ser difícil, e é bom que não se conte com isso. Talvez esse seja o maior motivo de crítica de todos, o que, com muita razão, configura em um dos maiores papelões e na maior vergonha do futebol nacional da atualidade. Tem time que está até pior, mas esses estão acostumados com essas situações vexatórias, é o que se espera da concorrência, o que passa longe das portas da Gávea mais linda do mundo. Mas não é o que tem acontecido.

Não estou certo de que o Jorginho já é técnico pra gente, e o nosso elenco carece de mulambos, e não são poucos. No entanto, cabe lembrar que esse mesmo time aí ficou mais de 4 meses invicto, perdeu somente 2 pontos e foi pra final da Taça Guanabara invicto e com a melhor campanha e era considerado, há apenas um mês atrás, o melhor time do Rio.

Na mesa redonda do ESPN Brasil de ontem, o Fernando Calazans, notório Rubro-Negro e um dos únicos jornalistas descentes nesse meio, beirou o absurdo ao dizer que o Flamengo não tem time, que o Hernane é a pior coisa do mundo e que tem gente alí que não merece vestir as hostes vermelhas e pretas em listras. Com exceção dessa última, com o que concordo, o que já falei desmente um pouco o resto. Ou então todo mundo melhorou e nós pioramos diametralmente. Tenho amigo que afirma que o Flamengo de Jorginho é o pior de todos os tempos. Pioramos, sim, mas repito: o elenco é o mesmo que fez 22 em 24 pontos na TG. E o Hernane, apesar de não ter marcado na Taça Rio e, ao que parece, não vai marcar mais no ano, é, ainda, o artilheiro do campeonato, com 10 golzinhos em 13 partidas, o que não é a pior coisa do mundo.

Bem, quarta começa a C do B pra nóis. Clube do Remo, que nunca foi nada na vida, mas que tem uma camisa até graciosa, é o nosso adversário, que pode nos afundar na lama de vez, pra confirmar a opinião dos que estão certos em exigir demais do Flamengo, ou nos mostrará a dimensão do que é o Mengão atual. Time (eu disse time, não clube!) médio, que precisa de treino, escalação decente e contratações pontuais, sobretudo pra ataque e meia. Se tirar o Alex Silva, pode ir até o fim do ano com a mulambada que tem lá na zaga.

Flamengo até morrer!

Scout 2013: jogo 13

Flamengo 1X2 Audax
31/3/13
Cariocão 2013 – Taça Rio, 4ª rodada
Gols: Gabriel, 8`, 2T.
No ano: 8V, 2E, 3D; 26 pontos; 66,6%; 21 gols pró, 11 gols contra
Hernane – 9
Cleber Santana – 2
Rafinha – 2
Renato Abreu – 2
Elias – 1
Ibson – 1
Gabriel – 1
João Paulo – 1
Nixon – 1
Rodolfo – 1

Cariocão 2013: Flamengo X Audax – 31/3/13

Fla X AudaxAudax. Ah, fala sério! Flamengo ganha, 3 a 1, jogando bem, pela primeira vez com o Jorginho.

Flamengo até morrer!

Scout 2013: jogo 12

Bangu 1X2 Flamengo
27/3/13
Cariocão 2013 – Taça Rio, 3ª rodada
Gols: Rodolfo, 20` e João Paulo, 41`, 2T.
No ano: 8V, 2E, 2D; 26 pontos; 72,2%; 20 gols pró, 9 gols contra
Hernane – 9
Cleber Santana – 2
Rafinha – 2
Renato Abreu – 2
Elias – 1
Ibson – 1
João Paulo – 1
Nixon – 1
Rodolfo – 1

Cariocão 2013: Bangu X Flamengo – 27/3/13

Fla X BanguHistórico freguês, o Bangu deve ser uma carne assada fácil, como foi o Vice. Só que nada é fácil pro Mengão. Só o Vice. É o primeiro jogo com cara de Jorginho mesmo, do clube com as finanças começando a caminhar para o aceitável e rumo ao maior número de sócios de um time brasileiro. Flamengo 2 a 0.

Flamengo até morrer!