Arquivos de tags: Grêmio

cornetada vitoriana 277: é preciso saber perder

53d46f43c59b8c353ed00c21b357b1ee“É preciso ter cuidado pra mais tarde não sofrer. Toda pedra do caminho você pode retirar.” E é, sim, preciso saber perder também. Não, não precisava ser como foi hoje. Seria menos chato e doloroso se fosse com dignidade. Mas foi quando podia. Minha linda, amada e inseparável consorte (com sorte mesmo, ô mulher incrível!), em seu inefável desejo de mostrar o conhecimento boleiro que só quem fecha com o lado Rubro-Negro do espectro pantenístico tem moral pra fazer, levantou a hipótese de que era melhor ter sido o contrário em relação ao resultado de Grêmo e Fla na quarta passada – sugerindo a possibilidade de inverter os placares. Não, não é possível. E nem desejável. Temos mais 21 rodadas pra nos recuperarmos do papelão de hoje (que já estava nos planos, é bom que se diga). Mas um revés como esse na C do B seria bem complicado de reverter.

Bom, por que afirmei que a derrota de hoje estava nos planos, sem, obviamente, considerar as condições favoráveis do pré-jogo? Digo isso aqui todo ano, em uma das, no mínimo, duas vezes em que temos que renovar nosso visto para uma incursão aos pampas galdérios do Uruguai do Norte, isso quando nosso nobre host não está chafurdando na lama inglória de alguma divisão subalterna do ludopécio nacional: o Flamengo não se cria pra cima do Grêmio. Isso certamente está em algum livro do Primeiro Testamento, de tão catastrófico, mas indubitável que é. É praticamente um axioma. O que explica a comemoração ensandecida no empate de quarta.

Bem, mas, como se diz, no entretanto, e lembro ser desnecessário acautelar o nobre distraído que desafortunadamente possa ter caído por essas paragens, o que é importante segue após o ‘mas’, o Flamengo de hoje foi nada menos que patético. Mandou mal, como se fosse o Flamengo do ano passado ou o do começo desse ano. Anêmico, distraído, indolente, inútil. Muito ruim em todas as 10 posições à frente do goleiro – esse coloco em um outro patamar e está perdoado de qualquer mal que, porventura, tenha cometido. Não, não cometeu. Mas o Fla? Tonto. Desnorteado. Preguiçoso. Não vou citar nominalmente jogadores e fraquezas, mas Rodinei, Juan, Tuller, Renê, Cuéllar, Jean Lucas, Everton Ribeiro, Uribe, Vitinho e Paquetá jogaram muito, muito mal. E ponto. Parecia que o Flamengo é que tinha mandado a campo um time reserva. O que só ajuda a piorar a lengalenga flamenga no dia de hoje. A esquecer.

Os anti piram. A banda segue. Mas o horror pode vir amanhã, com a quase certa derrota do V4sco no Morumbi. Se bem que o São Paulo…

Agora, é catar os caquinhos e seguir em frente. Há de se aprender algo com isso. Quarta tem mais. Decisão. Mata-mata. Sufoco, bicho. Vamos!

Grêmio 2X0 Flamengo, Brasileirão 2018, Rodada 17.

Flamengo até morrer!

Anúncios

cornetada vitoriana 276: Lincoln, herói de uma Nação

downloadO que foi isso que vimos hoje, amigos? O melhor jogo de futebol após a Copa? O melhor jogo de futebol do ano, incluíndo os da Copa? O melhor jogo do Flamengo contra o Grêmio de Futebol Portoalegrense em décadas? Aliás, com esse nome, se o Grêmio fosse uma loja, ele se chamaria Loja? Se fosse um carro, se chamaria Carro?

Bem, o Flamengão Doutrinador Catequético Evangelizador do balípodo nacional foi à bela capital do Uruguai do Norte e deu uma aula futebolística à segunda força daquelas belas terras gaudérias. É bem verdade que useira e vezeiramente não nos criamos pra cima dos caras, mas hoje, em que pese não termos feito mais gols que eles, o empate foi com sabor de goelada para a Magnética mais linda do mundo. Só pra geral ter ideia do massacre, no segundo tempo foram 17 chutes, sendo 4 ao gol e 9 bloqueados pela defesa, contra zero, Z-E-R-O, do adversário e 67% de posse de bola. Um açougue!

Bão, de resto, temos mais um importante jogo contra os caras, mudando, desta feita, a chave para o Brasileirão. Temos que, ao menos, empatar, para manter a dianteira na competição e podermos dizer, dependendo somente de nossos esforços, a máxima bravata mais que verdadeira e pertinente: segue o líder!

Não dá pra finalizar sem, antes, mandar uma letra sobre nosso herói, o aspira Lincoln: nunca critiquei. E parei, mesmo sem ter começado. Humilhou o Dourado, pior investimento do mundo, duplamente hoje: ao entrar e deixá-lo no banco e ao marcar o golaço do empate nos acréscimos. Já é mais famoso no mundo que o egresso de Tricolândia.

Grêmio 1X1 Flamengo, Copa do Brasil 2018, Quarta de Final – ida.

Flamengo até morrer!

 

cornetada vitoriana 240: Tempos sombrios

imagem.phpNem vou perder meu tempo falando do novo dissabor proporcionado pelo Mais Querido em terras norte-uruguaias. São 23 anos sem vitória sobre a segunda força do melhor estado brasileiro ao sul de Santa Catarina e, antes disso, somente o triunfo da final do bi brasileiro em 1982 como alegria. Donde se conclui que somos mesmo fregueses e não temos que passar recibo por isso. Mas não posso deixar de fazer uma menção incrivelmente desonrosa ao Pará e ao Vaz: 3 gols nas costas do primeiro, falha ridícula em um dos gols tricolores do segundo. Não gostaria de ser Rubro-Negro em Porto Alegre.

Prefiro, no entretanto, mandar uma letra sobre aquilo que temia e que, parece, está acontecendo: os frutos da má escolha de um técnico estrangeiro para dirigir o Flamengo nas circunstâncias em que essa decisão foi tomada paracem estar sendo colhidos. Mr. Rueda pode ser ótimo treinador, não tenho dúvidas disso. Mas é muita variável envolvida para que ele desse certo em tão pouco tempo em um clube como o Fla. Além das óbvias cultura, língua e costumes, entender como funcionam as coisas na Gávea e no futebol brasileiro, os indolentes jogadores ou a cabeça de torcedores e dirigentes é tarefa hercúlea. Toma tempo e, penso, não tínhamos pra tanto. Acho que isso explica um pouco porque estamos aquém do que deveríamos em termos de conquistas e colocação no Brasileiro.

Não sei ao certo se é de todo ruim um ano em que se tem como resultados apenas 13 derrotas e maior artilharia na temporada, uma final do segundo maior torneio nacional – não conquistada nos pênaltis e sem derrota!, a semi de um sul-americano, um estadual conquistado e com possibilidade de classificação para a Libertadores 2018. É certo que esse pacote todo seria incrível para qualquer outro time, mas percebe-se que no Flamengo isso beira – ou é – fracasso total. Essa imprensa golpista.

De toda sorte, penso que isso não apaga a péssima escolha de algumas cabeças para formar o atual plantel e, principalmente, a má administração do cast flamengo. Nossos molambinhos carecem de uma bronca geral, porque ser Flamengo é ser cascudo. Negócio de achar que está tudo bem perder hoje porque sempre se pode recuperar no próximo jogo é atitude de quem tem sangue de barata, e me parece que é isto o que está rolando nas terras do Ninho. Todo jogo é como o de quarta passada. Não como o de domingo.

Isso tudo, aliado à suspensão do Guerrero, departamento médico lotado, convocação pra Selecinha e fase de alguns perebões, me fazem pensar se a Libertadores 2019 está mais próxima que a 2018.

Grêmio (4º) 3X1 Flamengo (7º), Brasileirão 2017, Rodada 32.

Flamengo até morrer!

cornetada vitoriana 212: Fica rico, fica pobre

auto da compadecida chicó joão grilo

Agonia!

Mais um jogo em que rola o que falo sempre desse Flamengo de meu Deus: se, entre o primeiro e o último minuto de jogo há um erro individual bizarro, tomamos um gol que nos causa uma derrota. Contra retrancas fica tudo mais difícil. Se anulam nossas principais jogadas, como subida de laterais, nada acontece.

Não vamos nos vitimar, até porque não há razão pra isso. E devemos lembrar que o jogo foi contra o Grêmio, time que temos uma dificuldade gigante em bater. Em compensação, a facilidade de perder pros caras é gigante. Faz parte. Parabéns, vieram fechadinhos, pacientes, competentes.

12 pontos pra liderança é osso de tirar. O Corinthians teima em não perder pontos, nem jogadores. A ver…

Domingo tem o Cruzeiro, no Mineirão. Digo que basta não errar. E colocar uma pra dentro.

Flamengo 0X1 Grêmio, Brasileirão 2017, Rodada 13. 4ª colocação.

Flamengo até morrer!

Scout 2013: jogo 63

Grêmio 2X1 Flamengo
Porto Alegre, 17/11/13
Brasileirão 2013 – 35ª rodada
Gol: João Paulo, 40′, 2T.
No ano: 31V, 16E, 16D; 109 pontos; 57,6%; 90 gols pró, 65 gols contra
Hernane – 33
Elias – 9
Renato Abreu – 7
Marcelo Moreno – 4
Nixon – 4
Paulinho – 4
André Santos – 3
Cleber Santana – 3
Gabriel – 3
João Paulo – 3
Léo Moura – 3
Rafinha – 3
Chicão – 2
Wallace – 2
Cáceres – 1
Carlos Eduardo – 1
Gum (Fluminense) – 1
Ibson – 1
Luiz Antônio – 1
Roberto Dias (Campinense) – 1
Rodolfo – 1

Brasileirão 2013: Grêmio X Flamengo – 17/11/13

Fla X GremioTodo Rubro-Negro puro de origem nem liga pra jogo contra o Grêmio, pois sabe a tunda que o espera. Mas todo Rubro-Negro puríssimo de origem torce muito mesmo assim. E mesmo com o time B. Que deve ser o suficiente pra nos representar lá no Uruguai do Norte. Vamos, Flamengo! 1 a 0.

Flamengo até morrer!

Scout 2013: jogo 39

Flamengo 0X1 Grêmio
24/8/13
Brasileirão 2013 – 16ª rodada
Gol:
No ano: 20V, 10E, 9D; 70 pontos; 59,8%; 58 gols pró, 38 gols contra
Hernane – 18
Renato Abreu – 7
Elias – 6
Marcelo Moreno – 4
Nixon – 4
Cleber Santana – 3
Gabriel – 3
Rafinha – 3
João Paulo – 2
Paulinho – 2
Cáceres – 1
Carlos Eduardo – 1
Chicão – 1
Ibson – 1
Roberto Dias (Campinense) – 1
Rodolfo – 1

Brasileirão 2013: Flamengo X Grêmio – 24/8/13

Fla X GremioJogo duro, difícil. Mas temos que estar preparados para a primeira derrota em Brasília nesse campeonato… Do Grêmio, naturalmente. Flamengo 1 a 0.

Flamengo até morrer!

Scout 2012: jogo 49

Flamengo 1X1 Grêmio
16/9/12
Brasileirão 2012
Gol: Adryan, 16′, 2T.
No ano: 21V, 12E, 16D; 51,0%; 67 gols pró, 57 gols contra
Vagner Love – 21
Ronaldinho Gaúcho – 7
Deivid – 6
Renato Abreu – 5
Kleberson – 4
Léo Moura – 4
Luiz Antônio – 4
Bottinelli – 3
Adryan – 2
Hernane – 2
Jael – 2
Adryan – 1
Airton – 1
David Braz – 1
Camacho – 1
Ibson – 1
Negueba – 1
Ramon – 1
Thiago Medeiros (Madureira) – 1
Whelinton – 1

Brasileirão 2012: Flamengo X Grêmio – 16/9/12

Na torcida, sem muito mimimi. Flamengo 2 a 1.

Flamengo até morrer!